quarta-feira, 4 de março de 2009

DnD: os mundos que podem vir por aí

Olá pessoal!

Um post rápido, quase replicando um comentário que fiz em um dos episódios do Vozes da Terceira Terra ( http://vozes.mypodcast.com/ ), sobre os possíveis novos mundos que podemos ter em 2010, uma vez que para este ano o Fan-made Eberron já foi confirmado.

Ai vão os fatores pró e contra para cada mundo (em ordem alfabética)

Dark Sun:
Prós: Um dos best sellers de AD&D que teve um tratamento semi-oficial na 3.x. A grande variedade de raças específicas do cenário (tri-kreen, mul, half-giants, dentro outros) e uma história mais concisa (se comparado com Forgotten Realms) torman o cenário uma perfeira adição para o formato atual estabelecido pela WotC.
Contra: Com o KI confirmado no PHB3 é possivel que o power source Pscionic seja o carro chefe do PHB4 em 2011.

Dragonlance:
Prós: Este ano o cenário faz 25 anos e poderia ser um bom presente aos fãs a confirmação de que o cenários será convertido para a 4e. Ou que pelo menos liberem a licença para alguem (como o pessoal que fez a conversão para a 3.5) fazer direito! Alguns elementos de Dragonlance já estão pintando na 4e, como o halfling que ficou mais parecido com o Kender e o Cyan Bloodbane que apareceu no hall of fame do Draconomicon.
Contra: Para público médio é um mundo bastante similar com FR, e talvez a WotC queira dar uma variada.

Kara-tur/Oriental:
Prós: Com o monk confirmado como classe do PHB3 e com isso o power source Ki encabeçado o principal lançamento de 2010, um mundo com a temática oriental poderá ser a bola da vez.
Contra: Talvez por não sem um mundo muito conhecido e jogado, é possível que a WotC decida por um mundo mais "pop".

Hyborian/Conan:
Prós: É possivel que a WotC invista em algo novo similar com o "conanverse", ou até mesmo uma conversão oficial. A fanbase do Conan é alqo que pode estar na mira dos marqueteiros da empresa.
Contra: Ainda tem bastante terial para ser convertido antes de que a WotC resolver re-inventar a roda.

Planescape:
Prós: O ultimo grande mundo lançado no AD&D tinha uma temática diferente de aventuras nos planos e um trabalho de arte invejável até hoje. É até hoje lembrado por toda uma geração de jogadores.
Contra: Muito material de planescape já foi lançado em outros livros, como o Manual of The Planes e a cidade de Sigil que foi confirmada no DMG2.

Spelljamer:
Prós: Mundo da temática "espada e planeta", toda a psicodelia de viagens medievais no espaço em naves em forma de caramujo que não cabia na minha cabeça na décade de 90, agora cai como uma luva na proposta da 4e. Além a proposta atual de unificar os pantões e planos de todos os cenários colocaria todos os mundos de DnD num mesmo universo, e o Spelljammer seria a ponte de ligação...legal, não?
Contra: Talvez muito psicodélico...

E ai, qual o seu voto?

Votem e comentem

Até a próxima

NC.

12 comentários:

  1. Na enquete eu votei em Dark Sun porque acho que é o mais provável de sair.

    Mesmo que o power source Psionic não seja o foco do PH3, pelo menos umas duas classes psionic podem sair, da mesma forma que o Arcane e o Divine têm duas classes em cada PH.

    Em questão de gosto pessoal, eu preferiria o Dragonlance e intimamente tenho uma pontinha de esperança de que seja ele.

    ResponderExcluir
  2. Fernando Fagundes4 de março de 2009 23:42

    Possivelmente será Dark Sun ou Dragonlance. Os dois têm recebido re/lancamento de "novels" e são cenários interessantes para a 4e. Pensando que Dragonlance para o leigo não é muito diferente de Forgotten, meu voto foi para Dark Sun mesmo.

    Extrapolando um pouco, nunca vi nenhum livro de SpellJamer, conheço a tematica da década de 90 e me lembro que não era muito popular. Mas acho que no conceito da 4e pode ser que se encaixe bem, seria uma opção a Sigil(cidade dos portais) que virá no DMG2.

    Vamos ver, que venha 2010, 2011, 2012.....

    ResponderExcluir
  3. Gostaria muito do Dragonlance e Darksun, mas acho que quem vem primeiro é o Planet...

    ResponderExcluir
  4. Minha preferênicia pessoal é:

    Darksun
    Dragonlance
    Spelljammer (mais pela curiosidade)

    Mas acho mesmo que 2010 será o ano de Kara-tur

    ResponderExcluir
  5. Na enquete de amanhã do Rolando 20, vou linkar pra cá ao invés de colocar a enquete por lá, também estrou curioso pela preferência das pessoas.

    ResponderExcluir
  6. Acho que vai ser Dark Sun. Aproveitam para lançar os psionics, que serão úteis também em Eberron. E arranjam uma desculpa para lançar várias novas raças e classes.
    Acho que o fato de ter Sigil no DMG2 elimina qualquer chance de ter Planescape como um Setting. Senão eles lançariam todo esse conceito em um livro próprio. Mas estão dividindo tudo em outros, então...

    ResponderExcluir
  7. Concordo que o mais provável é Dark Sun. Ainda teve o artigo da Dragon, Hazards of Dark Sun...
    Mas Planescape seria bem melhor, assim como Ravenloft.

    ResponderExcluir
  8. Não acho que os mundos de fantasia diferenciada do d&d tenham a ver com a proposta da 4E, sem contar que precisariam de algumas adaptações ao ponto de se correr o risco de descaracterizar a "personalidade" dos mesmos (Embora um cenário estilo hiboreano/low magic fosse bem interessante). Preferiria ver um investimento inovador e bem ambientado no estilo da nova edição.

    ResponderExcluir
  9. Kingdoms of Kalamar ou Lankhmar. Um dos dois, com certeza.

    ResponderExcluir
  10. acho provável Dark Sun, tipow será q só opoder KI vai para o PHB3? No PHB2 tem os três tipos de poderes (primal, arcane, divine) e são 8 classes. Acho q se forem fazer 8 classes novamente, daria tranquilo para criar 4 classes de Ki e 4 de Psionic.

    ResponderExcluir